O tema escolhido para animar a mística do Ano do Laicato foi: “Cristãos leigos e leigas, sujeitos na ‘Igreja em saída’, a serviço do Reino” e o lema: “Sal da Terra e Luz do Mundo”, Mt 5,13-14. Segundo o bispo de Caçador (SC), dom Severino Clasen, presidente da Comissão Episcopal Especial para o Ano do Laicato, pretende-se trabalhar a mística do apaixonamento e seguimento a Jesus Cristo. “Isto leva o cristão leigo a tornar-se, de fato, um missionário na família e no trabalho, onde estiver vivendo”, disse o bispo.

Maria e o Ano do Laicato  04/06/2018

 

A Igreja no Brasil realiza “anos temáticos” com o intuito de aguçar a reflexão dos cristãos para um compromisso maior com seu batismo. É o caso de 2018 com o Ano do Laicato, com um conteúdo programado para incentivar o leigo e a leiga na sua tarefa de serem sal e luz do mundo. As trevas não podem abafar a luz, principalmente por saber que a luz é a Pessoa de Jesus Cristo.

Entre os leigos na Igreja damos evidência para a pessoa de Maria, Mãe de Jesus e nossa mãe. Sua postura revela testemunho de autenticidade, de vida pura e apaixonada pelo Filho, agindo como sal e luz na cultura de seu tempo. Assim Maria se apresenta como modelo para a vida dos leigos e das leigas dos dias de hoje. Sua postura foi de mãe amorosa e acolhedora de todos os seus filhos.

Falar de leigos e de leigas nos dias de hoje é falar de uma Igreja com prática de estar “em saída”, que vai ao encontro das pessoas em suas residências e locais de convivência. Esse foi o papel de Maria, com a tarefa de acompanhar seu Filho Jesus nas atividades de encontro com as pessoas. Esse é também o objetivo do Ano do Laicato, como se pode ver no enunciado seguinte.

O Ano do Laicato tem como objetivo geral: “Como Igreja, Povo de Deus, celebrar a presença e a organização dos cristãos leigos e das leigas no Brasil; aprofundar a sua identidade, vocação, espiritualidade e missão; e testemunhar Jesus Cristo e seu Reino na sociedade”. Portanto, é uma vocação herdada do Sacramento do Batismo como proposta de construção do Reino de Deus.

Dom Paulo Mendes Peixoto
Arcebispo de Uberaba

 

***Ano do Laicato vai estimular protagonismo dos Cristãos leigos

Maria e o Ano do Laicato  04/06/2018

 

A Igreja no Brasil realiza “anos temáticos” com o intuito de aguçar a reflexão dos cristãos para um compromisso maior com seu batismo. É o caso de 2018 com o Ano do Laicato, com um conteúdo programado para incentivar o leigo e a leiga na sua tarefa de serem sal e luz do mundo. As trevas não podem abafar a luz, principalmente por saber que a luz é a Pessoa de Jesus Cristo.

Entre os leigos na Igreja damos evidência para a pessoa de Maria, Mãe de Jesus e nossa mãe. Sua postura revela testemunho de autenticidade, de vida pura e apaixonada pelo Filho, agindo como sal e luz na cultura de seu tempo. Assim Maria se apresenta como modelo para a vida dos leigos e das leigas dos dias de hoje. Sua postura foi de mãe amorosa e acolhedora de todos os seus filhos.

Falar de leigos e de leigas nos dias de hoje é falar de uma Igreja com prática de estar “em saída”, que vai ao encontro das pessoas em suas residências e locais de convivência. Esse foi o papel de Maria, com a tarefa de acompanhar seu Filho Jesus nas atividades de encontro com as pessoas. Esse é também o objetivo do Ano do Laicato, como se pode ver no enunciado seguinte.

O Ano do Laicato tem como objetivo geral: “Como Igreja, Povo de Deus, celebrar a presença e a organização dos cristãos leigos e das leigas no Brasil; aprofundar a sua identidade, vocação, espiritualidade e missão; e testemunhar Jesus Cristo e seu Reino na sociedade”. Portanto, é uma vocação herdada do Sacramento do Batismo como proposta de construção do Reino de Deus.

Dom Paulo Mendes Peixoto
Arcebispo de Uberaba

DOM GIL ANTONIO MOREIRA; BISPO REFERÊNCIA DO TERÇO DOS HOMENS PELA CNBB; RECEBE PESSOALMENTE ALGUNS MEMBROS DO GRUPO "MISSIONÁRIOS T.H"; NO ANO DO LAICATO EM REFERÊNCIA AO PROJETO MISSÃO BRASIL ÁFRICA 2018.

10ª Romaria Nacional do Terço dos Homens “Laicato 2018” 

“Laicato 2018” - Quase cem mil Homens foram recebidos no Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida- SP; no encontro da 10ª Romaria Nacional do Terço dos Homens nos dias 16 e 17 de Fevereiro.

Entre tantas alegrias e emoções vividas neste dia, não podemos deixar de registrar o encontro promovido pelos MISSIONÁRIOS T.H e DOM GIL ANTONIO MOREIRA; pois bem sabemos que no ano do laicato os missionários do terço dos homens estarão sendo enviados para uma grande missão na cidade de Nampula - Moçambique – África.  

O PROJETO – Missão África 2018 – contará com a presença de missionários do TERÇO DOS HOMENS do Brasil. E foi num encontro reservado e bem descontraído alguns dos missionários do terço que fazem parte do projeto, foram recebidos na sacristia dos bispos do santuário nacional de Aparecida - SP, por Dom Gil Antônio Moreira - arcebispo de Juiz de Fora - MG que é o bispo referencia do terço dos homens CNBB;  Dom Edmilson Tadeu Canavarros dos Santos, bispo-auxiliar da Arquidiocese de Manaus, o prefeito do santuário de Aparecida Pe Reinaldo Benjamim e do padre  Pe. João Luiz Moreira da Diocese de Divinópolis-MG que é irmão de Dom Gil.

Foi um momento maravilhoso e cheio de alegrias, Dom Gil ficou encantado com o empenho dos leigos do terço e principalmente da coragem de aceitarem este desafio de irem ao encontro dos outros.

O mês de Outubro  que é o mês das missões será marcado por este grande acontecimento, pois estes irmãos ficarão quinze (15) dias na África; evangelizando, visitando e partilhando estes lindos mistérios do santo Rosário.

O Terço dos Homens cresceu, tomou força e tornou-se um Gigante movimento Mariano; este povo chamado de LEIGO, que em algum momento sentiram a necessidade de viver uma experiência com Deus através da Virgem Maria Santíssima, foram ao Terço e o que antes era um desafio ver um homem rezando os mistérios do santo rosário, hoje é uma certeza que não deixam de rezar.

É assim; que muitos homens são chamados entre os romeiros e em suas respectivas Igrejas: “FILHOS DE MARIA”.

2018

Oração do leigo no Ano Nacional do Laicato

O LEIGO SEMPRE SERÁ PROTAGONISTA DE UMA NOVA HISTÓRIA.

Como o nome já diz; somos e representamos um movimento de características próprias que acolhidos e inseridos no seio da santa igreja católica apostólica romana, estamos fielmente desenvolvendo o nosso CHAMADO.

Sabemos da nossa grande missão, reconhecemos nossas dificuldades e fragilidades, porém; amparados pela alegria da sempre amável e venerável virgem MARIA; nos fortalecemos cada vez mais na certeza de sua terna e incomparável companhia.

O PROJETO DO TERÇO DOS HOMENS É VOLTADO À VISITAÇÕES E A CRIAÇÃO DE NOVOS GRUPOS.

 FOI UM GRANDE DESAFIO: 

***Mensagens que Envolvem e Transformam Nossas Vidas. 

**Envelheçer.
**O menino e o Anjo.

**DEFINIÇÃO DE SAUDADE 

 

Contato

TERÇO NAS MÃOS... FÉ NO CORAÇÃO!!! missionariosterconasmaos@gmail.com